Recentes

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

UM MINISTÉRIO DE PODER, É POSSÍVEL?

Por anos busquei ter um ministério equlibrado, porém, sob o poder do Espírito Santo. Só foi quando descobri que o batismo com o Espírito Santo não foi um fim em si mesmo, mas um começo para uma vida sobrenatural que, de fato, adentrei a uma nova realidade!

O que quero com isto dizer? Bem, sou pentecostal. Sempre cri que todo aquele que nasce de novo precisa ter o privilégio de receber o batismo com o Espírito Santo e falar em línguas como evidência. No entanto, como muitos pentecostais, após eu ter sido batizado no Espírito, ter falado em línguas e até mesmo ter sido usado nos dons espirituais em algumas ocasiões, o falar em línguas pra mim fora apenas o fim de uma busca.

Não é verdade que nas nossas igrejas os batizados no Espírito Santo são usados apenas como números? Dizemos: o congresso foi uma bênção. Trinta jovens foram batizados no Espírito Santo! 

Nos regozijamos por isso, todavia, nunca ouvi um único pastor ensinar os recém-batizados no Espírito a continuarem a falar em línguas na sua devoção diária como um estilo de vida.

Essa falha é o que tem causado Cristãos batizados no Espírito, porém, fracos, mancos e vacilantes nas igrejas. Por que? Porque foram cheios do poder do Espírito, mas os embates da vida e a falta de continuidade para se manterem cheios, fizeram esvair a força sobrenatural e a presença do Espírito de suas vidas.

Minha própria experiência me tem mostrado que quanto mais oro em línguas, por vezes até três horas por dia, algumas coisas sobrenaturais têm acontecido com frequências. Coisas que não aconteciam quando orava o mesmo tempo com o meu entendimento, ou seja, na minha língua mãe.

Um ministério de poder começou a despontar em minha vida! Uau! Pessoas estão sendo salvas. Curas de surdos e aleijados estão acontecendo e o dom de profecia tem sido exato!

A que eu devo isso? Ao Espírito Santo e a minha diligência em buscar a face de Deus, mesmo quando não dá vontade.

Veja o que tem me acontecido à medida em que oro em línguas com frequência?
  1. Falar em línguas com frequência me ajuda a estar cônscio da presença do Espírito.
  2. Falar em línguas com frequência tem trazido o despertar de um reavivamento pessoal.
  3. Falar em línguas com frequência tem me ajudado na adoração a Deus.
  4. Falar em línguas com frequência tem trazido revelações de coisas que eu não saberia de outra maneira.
  5. Falar em línguas com frequência tem me mantido separado para Deus sem me contaminar com as coisas do mundo.
  6. Falar em línguas com frequência tem me ajudado a dominar a minha própria língua para não pecar.
  7. Falar em línguas com frequência tem estimulado a minha fé.
  8. Falar em línguas com frequência tem me lembrado a ser mais grato a Deus e aos irmãos.
  9. Falar em línguas com frequência tem tirado o peso do ministério de sobre mim.
  10. Falar em línguas com frequência tem me trazido alegria indizível.

Meu irmão, você não está lendo esse post em vão, Deus quer acender a chama do pentecostes em você agora, agora mesmo! Deixe que o fogo se acenda, nunca mais deixe que se apague.





Nenhum comentário:

Postar um comentário