Recentes

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

QUANDO ORA EM LÍNGUAS, VOCÊ NÃO SÓ FALA A DEUS, MAS TAMBÉM EDIFICA-SE A SI MESMO

Quando foi a última vez que você orou em língua estranha? Olha, se não tem orado com freqüência em língua estranha, não imagina quão fraco você está espiritualmente!

Sua fé depende do orar em língua para ser edificada. O apóstolo das gentes disse: 

"O que fala língua estranha EDIFICA-SE A SI MESMO..." (1 Co 14:4a, ARC).

Não precisa se preocupar se ninguém o entende, inclusive você mesmo. No entanto, espiritualmente você se edifica.

"Porque o que fala língua estranha NÃO FALA AOS HOMENS, SENÃO A DEUS; porque NINGUÉM O ENTENDE, e em espírito FALA DE MISTÉRIOS" (1 Co 14:2, ARC).

Paulo, de maneira direta, encoraja os Cristãos em Corinto a se exercitarem na prática do falar em línguas na devoção pessoal diária como um meio de edificação espiritual.

"Vós, porém, amados, EDIFICANDO-VOS na vossa fé santíssima, ORANDO NO ESPÍRITO SANTO" (Jd 20, ARA).


A palavra grega para EDIFICAR no versículo acima é a mesma de 1 Coríntios 14:4 e Judas 20. A palavra é oikodomeo, que significa: 


  • Promover crescimento em sabedoria, em amor, em graça, em santidade, em poder, em felicidade e em bênçãos. 
  • Também tem a conotação de carregar ou abastecer.

O exemplo mais próximo para nós do séc. 21 é quando, ao virmos a bateria de nosso celular ou laptop baixa, a próxima coisa que queremos fazer é CARREGÁ-LAS, EDIFICÁ-LAS OU ABASTECÊ-LAS.
  
Se você sente que está ficando sem poder, sem sabedoria, amor, graça, felicidade e bênçãos espirituais, então, comece agora a orar no Espírito Santo (orar em línguas) para SE EDIFICAR OU SE ABASTECER.

Se fizer disso um estilo de vida, sua vida cristã, seu ministério e seu futuro ganharão uma dimensão totalmente nova.

Ouse orar em línguas diariamente. Você não tem nada a perder.




4 comentários:

  1. 1 Co 14 incentiva as linguas para a edificacao propria?
    Você leu os primeiros versículos de 1 Coríntios 14 como se o apóstolo estivesse falando dos benefícios para a pessoa que fala em línguas, pois assim estaria falando com Deus e edificando a si mesmo. Se ler o capítulo inteiro verá que ele está criticando o falar em línguas, e não incentivando sua prática.


    O assunto do capítulo é o corpo de Cristo e sua edificação, não a edificação própria. O tom que o apóstolo está dando a todo o discurso é para mostrar quão egoísta é fazer algo só para si sem pensar nos outros. Até mesmo ao referir-se à oração no versículo 14 ele deixa claro que é pior orar algo inteligível porque a própria pessoa que ora acaba não entendendo o que diz.

    Portanto, quando ele diz que "o que fala em língua edifica-se a si mesmo" não é no sentido de incentivar a prática ser algo bom. Paulo está mostrando que o crente, ao fazer isso não estava compartilhando com os outros ou auxiliando na edificação de seus irmãos.

    Veja que é sempre uma coisa em contraste com a outra, o egoísmo de fazer algo só para si, e a liberalidade de fazer algo que possa edificar a igreja. Entenda aqui que "profetizar" é no sentido de proferir ou falar da Palavra de Deus, não exatamente de trazer alguma revelação nova ou dizer o que vai acontecer no futuro:
    Dr Mário Persona

    ResponderExcluir
  2. muito maravilhoso este estudo aprendi muito eu oro em linguas há 6 meses e estou me sentido ótimo é uma benção e esse estudo falou muito ao meu coração aleluia

    ResponderExcluir
  3. Larissa Farias você falou que 'O assunto do capítulo é o corpo de Cristo e sua edificação, não a edificação própria.' está errado olha o que diz o estudo; '"O que fala língua estranha EDIFICA-SE A SI MESMO..." (1 Co 14:4a, ARC).viu? EDIFICA A SI MESMO - E voce diz ao cotrário,tá bém claro.

    ResponderExcluir