Recentes

terça-feira, 7 de setembro de 2010

ENTÃO, VOCÊ QUER SER ENVIADO?


"Disse-lhes Jesus de novo: 'Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, eu vos envio.' Dizendo isto, soprou sobre eles, e disse: 'Recebei o Espírito Santo.'" (João 20:21-23 Ed. Contemporânea).

O homem e/ou a mulher enviados por Jesus devem entender que a única maneira que os qualifica como enviados é quando se comprometem a levar a cabo a realização da Grande Comissão. O enviado, portanto, está aí para o exercício da Grande Comissão. O enviado que não leva a sério a Grande Comissão não tem razão de existir!

Ir e fazer discípulos são as únicas prerrogativas que qualificam um cristão enviado por Cristo. O enviado não existe para si mesmo, mas em função dos perdidos! Ele é a pessoa que, quando enviada, deverá exercer influência no meio em que estiver. A única maneira, no entanto, que fará com que ele exerça tal influência é através da convicção de sua identidade com Aquele que o enviou: Jesus Cristo.


Jesus disse: "Assim como o Pai me enviou..." Assim como? Você deve, então, entender que a palavra "assim" é um advérbio de modo que significa, desse modo, do mesmo modo, tal qual, etc. O que Jesus está dizendo é: existe um modo, um jeito, uma maneira, pelo qual o Pai o enviou. A pergunta, portanto, é:


Como o Pai O enviou?
A resposta a essa pergunta fará toda a diferença em seu ministério!

Leia a postagem acima...



Nenhum comentário:

Postar um comentário